(16)3913-8100
Ayslim Manga

Passe o mouse sobre a imagem

Ayslim Manga

1 2 3 4 5

Ayslim Manga 60 cápsulas x 500mg: Aumenta a saciedade e diminui a fome.

Por R$ 69,00 À vista no boleto: R$ 62,10
Ou você pode parcelar em até 3x no cartão sem juros!
simule o frete *após confirmação do pagamento
    Avalie este produto:

    Clique aqui para efetuar seu login.

    Compartilhe este produto:

    DESCRIÇÃO


    Ayslim manga

    -Aumenta a saciedade e diminui a fome
    -Reduz medidas
    -Melhora a queima de gordura localizada
    -Reduz triglicérides, colesterol e glicose
    -Aumenta colesterol bom.


    A obesidade, e em sua forma mais preocupante, a obesidade mórbida, tem sido motivo de preocupação de saúde pública em todo o mundo.
    Uma das consequências da obesidade, envolvendo o aparecimento de gordura abdominal é o que se chama atualmente de síndrome metabólica. A síndrome metabólica é caracterizada pela associação de fatores de risco para as doenças cardiovasculares (ataques cardíacos e derrames cerebrais), vasculares periféricas e diabetes. Ela tem como base a resistência à ação da insulina, o que obriga o pâncreas a produzir mais esse hormônio.
    A síndrome metabólica é uma doença da civilização moderna, associada à obesidade, como resultado da alimentação inadequada e do sedentarismo. A gordura abdominal está intimamente relacionada ao aumento da resistência à insulina, dificultando a ação desse importante hormônio que regula os níveis de glicose no sangue e causando diabetes.
    Os casos de Diabetes Mellitus vêm crescendo em velocidade cada vez maior, em função também dos confortos proporcionados pela vida moderna, tais como o sedentarismo, o acesso fácil a alimentos gordurosos e doces, e ao crescente estresse laboral.
    Em face da alta incidência de obesidade e fatores de risco a ela relacionados, muito tempo e dinheiro vêm sendo investido no desenvolvimento de novas técnicas e medicamentos voltados para seu controle.

    Um dos mais recentes lançamentos nesta área é o Ayslim Extrato de Manga Africana, um extrato das sementes de uma árvore natural da África e do sudeste asiático, chamada Irvingia gabonensis.
    Estudos epidemiológicos realizados em populações tribais da África Ocidental mostraram que algumas tribos apresentavam baixa incidência de obesidade, diabetes e doenças relacionadas devido ao uso constante de uma pasta feita das sementes da planta, utilizada para engrossar sopas.

    Estudos realizados em 2006 pela professora Judith Ngondi e colaboradores da University of Yaounde I, de Camarões, avaliaram os efeitos sobre os níveis de glicose sanguínea e peso corporal em ratos sob dieta rica em gorduras das três formas diferentes das sementes da Irvingia:

    1) Sementes brutas
    2) Sementes sem ácidos graxos
    3) Fração protéica não purificada

    As três formas das sementes reduziram simultaneamente os níveis de glicose e o peso corporal dos animais de modo significativo. Mas o efeito máximo foi observado com as sementes sem ácidos graxos. Segundo os autores, o maior conteúdo de fibras e de proteínas contidas nas sementes sem ácidos graxos podem ter provocado um atraso no esvaziamento estomacal dos animais, levando a uma absorção mais gradual de açúcar alimentar e diminuindo a elevação da glicemia. Além disto, as fibras presentes nas sementes podem ter acrescentado volume à dieta, o que tendeu a reduzir a ingestão de alimento, o consumo de calorias e o peso corporal em longo prazo.

    Os níveis de glicose e o peso corporal dos ratos também foram reduzidos com a administração da fração protéica das sementes da Irvingia, supostamente devido à presença de anti-amilases protéicas, na opinião da equipe de Ngondi. Por outro lado, o efeito estimulador da secreção de insulina pode ser outra explicação possível para os resultados observados com as proteínas das sementes da I. gabonensis neste estudo. Os autores notaram que a fração protéica produziu as menores variações na carga pós-prandial (após as refeições) dos animais.

    Em outro estudo feito em humanos (Ngondi et al, 2005), a administração oral do Ayslim manga ( I. gabonensis) foi capaz de reduzir significativamente o peso corporal de indivíduos obesos.
    Quarenta pessoas com idade entre 19 e 55 foram divididos em 2 grupos. O primeiro grupo recebeu cápsulas contendo 350mg de um extrato bruto das sementes de I. gabonensis e o segundo grupo recebeu farelo de aveia (placebo).
    O primeiro grupo ingeriu três cápsulas com um copo de água morna três vezes ao dia, meia hora antes das principais refeições, totalizando 3,15g do extrato diariamente. Todos os voluntários permaneceram sob dieta normocalórica ao longo do estudo.
    De acordo com os autores, embora a percentagem de gordura corporal não tivesse reduzido nem no grupo da Irvingia nem no grupo placebo, as circunferências da cintura e do quadril tiveram redução significativa no grupo da Irvingia (Manga africana).

    Os indivíduos tomando I. gabonensis também apresentaram os componentes lipídicos do sangue significativamente reduzidos. A concentração do colesterol total plasmático foi reduzida em 39,21%, a do triglicerídeo foi reduzida em 44,90% e do LDL (colesterol ruim) em 45,58% no grupo que recebeu a planta. Isto foi acompanhado de um aumento significativo de 46,85% no colesterol HDL (colesterol bom). As taxas de colesterol total/HDL e de glicose sanguínea também foram reduzidas.

    Indicações e usos - É recomendado como adjuvante no tratamento da obesidade, diabetes e doenças relacionadas, sempre sob supervisão médica.

    A Revista Boa Forma divulgou uma excelente reportagem sobre a Manga Africana.

    Leia em http://boaforma.abril.com.br

    Ayslim Extrato de Manga Africana é um extrato das sementes de uma árvore natural da África e do sudeste asiático, chamada Irvingia gabonensis.

    Apresentação: 60 cápsulas de 500mg

    Modo de usar: 1 a 2 cápsulas 30 min. antes do almoço e jantar com 1 copo d´água.


    Advertências

    Produto adjuvante e suplemento alimentar. A prática de atividade física regular e bons hábitos alimentares são imprescindíveis.

    1- Mantenha todo e qualquer medicamento longe do alcance de crianças.
    2- Manter esse produto longe de fontes de umidade, calor, luz ou eletromagnéticas.
    Temperatura de melhor conservação: 15 a 30º C.
    3- Não partir ou mastigar esse produto.
    4- Tomar sempre com quantidades generosas de líquido.
    5- Mantenha seus exames médicos em dia. A ação desse produto é limitada para portadores de problemas de tireóide, síndrome metabólica, obesidade mórbida entre outros.
    6- Exercite-se regularmente e alimente-se com bom senso. Isso garante a manutenção do peso a longo prazo.
    7- Não use nenhum produto com o prazo de validade vencido.
    8- Imagens meramente ilustrativas.
    9- Mulheres grávidas ou amamentando e crianças não devem utilizar este produto, já que não há estudos que possam garantir a segurança nestas situações.
    10- Os fitoterápicos, de maneira geral, possuem efeitos terapêuticos mais suaves, o que pode explicar a redução dos efeitos colaterais. Porém, alguns efeitos colaterais não descritos na literatura podem ocorrer.
    11- Pessoas com hipersensibilidade às substâncias contidas na formulação não devem ingerir o produto.
    Em caso de hipersensibilidade, recomenda- se interromper o uso e consultar o médico.
    “É permitida às farmácias e drogarias a entrega de medicamentos por via postal desde que atendidas as condições sanitárias que assegurem a integridade e a qualidade dos produtos, conforme legislação vigente”.
    “O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por meio remoto”.
    RDC 44 de 17 de agosto de 2009
    “A dispensação de plantas medicinais é privativa das farmácias e ervanarias, observados o
    acondicionamento adequado e a classificação botânica e adequada orientação de profissional da saúde.
    As embalagens não podem ter alegações terapêuticas”.
    (Lei 5991/73)

    Referências Bibliográficas

    - Lipids Health Dis. 2009 Mar 2;8:7 - IGOB131, a novel seed extract of the West African plant Irvingia gabonensis, significantly reduces body weight and improves metabolic parameters in overweight humans in a randomized double-blind placebo controlled investigation.
    Ngondi JL, Etoundi BC, Nyangono CB, Mbofung CM, Oben JE.

    - Lipids Health Dis. 2005 May 25;4:12. - The effect of Irvingia gabonensis seeds on body weight and blood lipids of obese subjects in Cameroon.
    Ngondi JL, Oben JE, Minka SR.







    "Trata-se de descrição do produto e não propaganda. Consulte sempre um especialista".
    Somos uma Farmácia de manipulação. Portanto, os produtos naturais anunciados neste site serão produzidos sob encomenda.

    PERGUNTE AO VENDEDOR


    Faça sua pergunta que em breve iremos responder:

    ENVIAR
    • 30/06/2013
      Fernanda Soares:

      Seguindo com exercícios e uma dieta balanceada e usando também óleo de cártamo,qual a media de perda de peso mensal?

      • Doce Erva:

        ola Fernanda Não tem como te falar quanto a pessoa perde ou quanto de cintura ela perde, pois cada organismo responde de uma maneira, tem pessoas que o metabolismo já é mais rápido e com isso a perda é maior.Mas o que é certo é que o óleo de Cártamo ajuda na dieta aumentando a eliminação da gordura. Adriana Feltre Farmacêutica- CRF 11432 doceerva.com 16-39138100

    • 07/01/2012
      Tereza Raquel:

      Ola, gostaria de saber se o Ayslim manga possui alguma restrinção para quem faz uso de paroxetina. E também se essa fórmula pode ser administrada por quem tem 16 ou 10 anos.

      • Doce Erva:

        Olá Tereza, Não há registro de incompatibilidades entre paroxetina e ayslim manga. Para crianças de 10 anos não recomendamos o uso do produto. Att. Rita Paula Ignácio Farmacêuitca

    • 20/06/2011
      Daiana Godoi:

      Olá Tenho vontade de tomar Ayslim mas tenho algumas duvidas: 1º: ele atrapalha o anticoncepcional?(não posso engravidar no momento) 2º: por quanto tempo vou ter que tomar? e se eu para depois de meses de uso vou engordar tudo novamente? tem algum efeito colateral que faça engordar o dobro?

      • Doce Erva:

        Olá Daiana, O Ayslim não interfere no uso de anticoncepcional. Ele é um auxiliar para quem está precisando de uma mãozinha para perder peso. Mas bons hábitos alimentares e prática de atividade física complementam sua ação. Att. Rita Paula Ignácio Farmacêutica CRF SP 11340

    • 31/05/2011
      Eloah Leticia Braz:

      Quantas capsulas consumir por dia?

      • Doce Erva:

        Olá Eloah, Tomar 1 cápsula 30 min. antes do almoço e jantar com 1 copo d´água. Rita Paula Ignácio Farmacêutica

    • 27/04/2011
      Anna K F Bezerra:

      qtos mg de Irvingia Gabonensis vem por capsula? Esse Ayslim Manga é a Fórmula Magistral (ativo Manga Africana)?

      • Doce Erva:

        Olá Anna, Sim, é fórmula magistral contendo o insumo Ayslim manga (nome comercial do extrato de Irvingia gabonensis). São 60 cps. de 500mg cada. Rita Paula Ignácio Farmacêutica

    • 25/04/2011
      Diana Aragão Lobo:

      ela também tem o efeito laxativo?

      • Doce Erva:

        Olá Diana, Já vi alguns sites anunciarem que ela tem efeito laxativo, mas não localizei nenhum trabalho que ateste isso. Rita Paula Ignácio Farmacêutica

    PRODUTOS RELACIONADOS